•  
 
 
 
 
Duas unidades da UNIESP faturam Prêmio Duke Energy
SEXTA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2015
 
 

Foi com enorme satisfação que a UNIESP recebeu na sexta-feira, 06/02 último, a informação que duas de suas unidades foram agraciadas com o 2º Prêmio Duke Energy, referente a ações executadas em 2014. As IES premiadas são a Faculdade do Norte Pioneiro – FANORPI (esta pela segunda vez), sediada em Santo Antônio da Platina/PR, e a Faculdade de Ciências Educacionais e Sistemas Integrados – FACESI, que fica em Ibiporã/PR.

uniesp-duke-energyApós vencer em 2012 com o projeto “Gestão Estratégica dos Resíduos Sólidos pelos Catadores de Lixo no Município de Andirá/PR”, a FANORPI ganhou desta vez com o “Renda Solar: Secagem de Alimentos por Fonte de Energia Renovável (Solar) - Possibilidade de Geração de Renda para o Pequeno Produtor Rural de Jacarezinho/PR. Já o projeto da FACESI que faturou o prêmio teve como título “PROSURDO - Projeto de Capacitação da Comunidade Surda de Ibiporã/PR”.
Cada um receberá R$ 50 mil e acompanhamento técnico nos próximos 12 meses, para implementar suas iniciativas no âmbito da extensão universitária.

O Prêmio Duke Energy é realizado em parceria com o Programa Universidade Solidária (UniSol) e conta com uma rede de consultores voluntários, especialistas em extensão universitária e avaliação de projetos sociais. Por meio do aporte financeiro e do suporte técnico, o Prêmio busca incentivar a troca de conhecimentos entre Instituições de Ensino Superior (IES) e as comunidades onde os projetos serão realizados.

“Dessa maneira, há um fortalecimento mútuo: de um lado potencializando as possibilidades de geração de renda das comunidades, e de outro enriquecendo a formação cidadã e profissional dos estudantes envolvidos na execução dos projetos”, comentou a gerente-geral de Relações Institucionais da Duke Energy, Ana Amélia de Conti Gomes.

Nas duas últimas semanas, os técnicos e consultores foram conhecer in loco os sete projetos finalistas para entender melhor as especificidades de cada um e identificar, dentre uma série de critérios de avaliação, quais os três que apresentavam maior viabilidade de execução e potencial para alcançar os resultados propostos dentro do prazo de duração da parceria.



 
 
 
 
UNIESP Solidária Biblioteca/
Publicações
TV UNIESP Rádio UNIESP Inclusão
com Arte
Projeto Ambiental EAD Notícias Imprensa Trabalhe
Conosco